O TRAVECO VIOLENTOOO!!


O sujeito é estagiário de Direito em uma repartição forense e, embora metido a esperto e gozador, é uma das figuras mais lerdas e bocabertas (literalmente) que já conheci na vida (se lhe questionarem o que é “Agravo de Instrumento” é capaz de responder que se trata do som emitido por uma flauta rachada). E é, também, notável a fantástica circunferência de sua cintura, cuja massa correspondente é a responsável por cada cadeira giratória quebrada existente no setor.

Seus tantos “atributos” físicos e intelectuais e a contraditória arrogância sarcástica lhe valeram, por parte de seus companheiros, o apelido de “Peruca”. Mas, apesar das gozações de colegas de trabalho e faculdade, o “Peruca” é um cara impassível, de uma tranqüilidade inabalável, e mantém a pose amarelada do deboche.

Pois o “Peruca” andava pelo Centro, uma noite destas de novembro, praticando seu esporte favorito, dirigir sem rumo certo, quando deu com aquela gata. Coisa igual nunca havia visto, nem em viagem de chá de cogumelo. Era a própria esposa do “Tinhoso”. Loira, gostosa, de curvas “estonteantes” (se é que o “Peruca” podia ficar mais tonto do que era), usando uma micro-minissaia, sapatos de salto alto e bico fino e um bustiê cujos seios estouravam. E o que era mais fantástico: um mulherão (devia ter uns dois metros de gostosura naquele corpo), de voz rouca e sensual e ar decidido.

E tudo aquilo, aquela “Disneilândia dos Tarados” ambulante estava ali, na frente do “Peruca”, fazendo beicinho e o chamando por “meu gato”. O roliço camarada não teve dúvida: mandou pro inferno os xis-burgers gigantes que pretendia “traçar” no “Super Dog” e chamou a “moça” pro interior do carro. Hoje era o seu dia! Ia se fartar naquela carne dura! Mas “dura” mesmo foi a situação em que o “Peruca” logo viu-se.

Quem poderia imaginar o acontecido? Aquela coisa linda e “meiga”, vibrando e transpirando loucura pelos poros, ali, vivinha de carne e osso, ao alcance da sua mão… Bem que o “Peruca” estranhou quando a puta lhe deu um safanão com força, quando ele apalpou-lhe as coxas, mas pensou que era manha de puta gostosa (pois ela logo encheu a mão no caralho do “Peruca”, que, de emocionado, quase cai, e com o outro braço foi lhe enlaçando o pescoço).

A esta altura o “Peruca” andava nas nuvens (bem mais do que o costumeiro) e chegou a sentir um calafrio na nuca. Foi então que, lhe empurrando o “trinta e oito”, o travecão lhe disse, com voz cavernosa: “toca pro banco, meu babaca, que lá eu vou te fazer gozar bem gostoso!”

Na agência do Bradesco, o “Peruca” chegou a ver estrelas, não de prazer, mas de umas trinta coronhadas. Já eram nove horas, o máximo que podia sacar eram uns cinqüenta “paus” e o travesti bandido, nada versado na rotina bancária, não deu mole. Queria os R$ 600,00 de limite acusados no extrato! Após muita insistência e federal pauleira, o “veado machão” se convenceu e deixou o “Peruca” ir embora de cuecas, depois de lhe esvaziar a magra carteira (o “prejuízo” total foi de uns noventa).

Mas, dizem as más línguas, que o traveco cumpriu o prometido: não deixou o “Peruca” ir-se sem “levá-lo ao orgasmo”. O único problema é que o “Peruca” teve de gazear o serviço por uns bons dez dias: não conseguia sentar-se e, desde então, sofre de hemorróidas!

Ubirajara Passos

3 comentários em “O TRAVECO VIOLENTOOO!!

  1. Em 16.12.06, às 13:05:01, phillipe disse :
    ok

  2. Em 23.11.06, às 07:19:20, xupaxota disse :
    Companheiro, o Peruca deve ser meio lerdo das idéias mesmo. Como é que vai pegar um traveco pensando que é mulher, por mais que pareça uma? Putz! Tem que se fuder mesmo… Quem sabe agora ele fica menos lerdo, ou então vai ficar louco por travecos sado-masoquistas.

  3. Mamutes disse:

    Se fudeuuu

    O Peruca se fudeu…..

    É retardado esse animal…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s